A importância de acompanhamento psicológico durante o luto

Existem diversos momentos difíceis ao longo da existência humana e o luto costuma ser um dos mais complicados. Principalmente quando temos que lidar com a rotina de trabalho. Muitas pessoas continuam presentes em seus ambientes de trabalho durante sua fase de luto o que torna o acompanhamento psicológico extremamente importante.

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensam, o luto não necessariamente acontece devido à morte de um ente querido. A descoberta de uma doença grave ou um processo doloroso de separação causa as mesmas complicações emocionais em um indivíduo. Neste artigo você entenderá a importância do psicólogo nesse processo!

O luto ocorre em todos os seres humanos e não caracteriza nenhum tipo de doença ou transtorno. Porém, ninguém pode dar o devido auxílio durante esse processo a não ser um psicólogo. O acompanhamento, fora ou dentro da empresa, é essencial para que esse indivíduo tenha uma vida funcional e produtiva.

Entenda a importância do acompanhamento psicológico

Esse processo de experiência de perda causa sentimentos confusos desde raiva e revolta até tristeza e desespero. O luto, seja por qual motivo for, inclui cinco fases:

• Negação

A negação do luto nada mais é do que um mecanismo de defesa para evitar a dor psíquica. Nesse primeiro momento a pessoa negará a perda e buscará o isolamento.

• Raiva

Por mais que a pessoa seja conhecida pela gentileza e por ser dócil nos ambientes em que frequenta, ela poderá apresentar um comportamento raivoso e ressentido. Essa fase tende a prejudicar muito a convivência no ambiente de trabalho.

• Barganha

Promessas religiosas tendem a aparecer nesse momento, já que o indivíduo percebe que o isolamento não funcionou e nem a raiva. A barganha tem o objetivo de curar o próprio emocional da pessoa.

• Depressão

Surge por conta do enfrentamento da realidade sem determinada pessoa ou coisa (emprego, casa, etc.) e a falta que sentirá por toda a vida. Mais uma fase que demonstra a extrema necessidade do acompanhamento psicológico para que não se estenda.

• Aceitação

Aqui o indivíduo irá começar a investir em outras relações ou até mesmo voltará a investir em relações que estavam sendo negligenciadas devido ao processo doloroso que passava.

O acompanhamento psicológico é que irá auxiliar o indivíduo a encarar, organizar e elaborar esses sentimentos confusos. Todas as etapas devem ser respeitadas para que aconteça uma recuperação saudável assim como o tempo de cada pessoa.

O psicólogo oferece um ambiente terapêutico pronto para o diálogo sobre sentimentos difíceis. Com uma escuta clínica e preparada pela sua formação, esse profissional permite que a pessoa encontre o seu próprio meio de elaborar a dor e as emoções que ela causa.

Não encarar o processo de luto pode trazer consequências graves para todas as áreas. Mesmo que a pessoa resolva não lidar com as suas emoções elas continuarão influenciando a sua vida. Irritabilidade com familiares e amigos, falta de concentração no trabalho, comportamentos agressivos com superiores e colegas, tudo isso pode ser fruto de um momento de dor profunda e perda.

Agora que você conheceu mais um elemento importantíssimo para a sua empresa, visite o nosso blog para outras informações!