Blog, Saúde

Setembro Amarelo: o que a psicofobia tem a ver com o suicídio?

Oficialmente, 10 de Setembro é o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. No Brasil, desde 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM), organiza o Setembro Amarelo, mês dedicado ao tema da prevenção ao suicídio. 

O mês temático apenas reforça a importância do suicídio ser discutido e combatido o ano todo, por meio de campanhas, políticas públicas e conscientização da população. No Brasil, são registrados mais de 13 mil suicídios todos os anos. Este dado só confirma: suicídio é questão de saúde pública. 

Quase 97% dos casos de suicídio estão relacionados a transtornos psicológicos/mentais, sendo o primeiro deles a depressão, seguida do transtorno bipolar e do abuso de substâncias. Os dados são da campanha Setembro Amarelo, chefiada pela ABP. 

Sabendo que a esmagadora maioria dos suicídios está diretamente ligada a transtornos psicológicos/mentais, é imprescindível falar sobre saúde mental para lidar com esta questão. Carregar diagnósticos psiquiátricos, como a depressão ou o transtorno bipolar, ainda é extremamente pesado, porque a psicofobia está presente no dia a dia dessas pessoas. 

Mas o que é psicofobia, afinal? É o preconceito em relação a pessoas com transtornos psicológicos/mentais. A psicofobia está presente em diversas ações e comportamentos como: reduzir a vida das pessoas aos seus diagnósticos; tratar essas pessoas como diferentes ou incapazes; ironizar ou humilhar quem está em tratamento psicológico/psiquiátrico; isolar, excluir ou maltratar essas pessoas; debochar de quem toma medicações psiquiátricas; ter pena ou dó dessas pessoas.

A falta de uma rede de apoio, a tímida priorização da saúde mental em espaços de trabalho, a não democratização da oferta de psicoterapia, e a pouca propagação da importância do cuidado com a saúde mental têm a mesma raiz: a psicofobia. Então, combater o preconceito em relação a pessoas com transtornos psicológicos/mentais pode ser o primeiro passo para previnir o suicídio.

Agora que você sabe mais sobre o Setembro Amarelo, a prevenção ao suicídio e a psicofobia, que tal checar outras matérias sobre saúde no nosso blog? Clique aqui e boa leitura!